São João do Sóter | Prefeitura prorroga medidas de isolamento e decreta LOCKDOWN na sede.

Foto | Portal de Entrada da cidade de São João do Sóter 


Da assessoria de comunicação - Devido ao avanço do Coronavírus, a Prefeitura de São João do Sóter decretou a prorrogação das medidas de isolamento social em todo o município, até o dia 26 de julho. De acordo com o Decreto n° 094/2020, continua suspensa a realização de todo e qualquer evento que gere aglomeração; está proibida a venda de bebidas alcoólicas no final de semana; é permitido o serviço de delivery de atividades essenciais até as 21h.

O Toque de Recolher também continua nesse período, das 20h às 05h, sendo proibida a circulação em grande número de pessoas locais públicos e privados. O uso de máscara continua como obrigatório.

LOCKDOWN

Além da prorrogação a Prefeitura decretou também LOCKDOWN na sede, no período de 17 a 26 de julho, ficando suspensas as atividades comerciais, religiosas, esportivas e educacionais. O funcionamento do comércio deve obedecer aos seguintes critérios:

  • Dia 17 de julho, sexta-feira, fecha os comércios, ficando abertos apenas os de gêneros alimentícios.
  • Dias 18 e 19, sábado e domingo, fecha todos os comércios, Casa Lotérica, Postos de Combustíveis, Padarias e comércios de gêneros alimentícios, devendo ficar abertas apenas as farmácias.
  • Dia 20, 21 e 22, segunda, terça e quarta-feira, os comércios reabrem até as 14h.
  • Dias 23 e 24, quinta e sexta-feira, fecha todos os comércios, ficando abertos apenas os essenciais e de gêneros alimentícios.
  • Dias 25 e 26, sábado e domingo, fecha todos os comércios ficando abertas apenas as farmácias.


Os estabelecimentos, quando funcionando, devem observar as medidas preventivas, como distanciamento entre pessoas, disponibilizar álcool em gel, realizar limpeza e higienização do ambiente e de objetos.

A Vigilância Epidemiológica, a Secretaria Municipal de Segurança e Departamento Municipal de Trânsito farão a fiscalização do cumprimento do Decreto, com apoio da Polícia Militar. O descumprimento das determinações poderá acarretar em multas, suspensão de permissão de funcionamento e cassação de alvará e condução coercitiva pela polícia.



Postar um comentário

0 Comentários