Caxias | Homem apontado como autor de homicídio no Povoado Caxirimbú; é preso e autuado pela Polícia Civil.

Foto | J.B.S, de 35 anos


Diário de Caxias com informações do Jornalista Análio Júnior do Blog Os Dois Lados da Moeda - A Polícia Civil através da equipe plantonista da Delegacia Regional de Caxias e da Delegacia de Homicídios, com apoio da Polícia Militar, autuou em flagrante pelo cometimento do crime de homicídio qualificado por motivo fútil, J.B.S, 35 anos.

Na tarde desta quinta-feira (04/06) chegou ao conhecimento do Plantão da Polícia Civil a notícia de uma suposta briga entre moradores do Povoado Caxirimbu, resultando na morte do comerciante e líder comunitário Francisco Rodrigues do Carmo de 67 anos, mais conhecido por Chiquita. Seguindo a determinação do Delegado Jair Paiva, responsável pelo Plantão, os policiais civis Lima e Paulo Roberto efetuaram diligências inicialmente indo até o hospital geral, onde constataram que o suposto autor estava sendo submetido a procedimento médico, posto que teria sido alvejado por parente do Chiquita.

Ato contínuo foram até o Povoado Caxirimbu, onde entrevistaram testemunhas. Segundo apurado, Chiquita foi alvejado quando estava na porta de casa em companhia de parentes. O autor já chegou armado com espingarda cartucheira e sem nada a alegar já efetuou o disparo. Ferido, Chiquita foi levado para o interior da residência e J.B.S ainda tentou invadir a casa momento em que foi alvejado por disparo de arma vindo do interior da moradia.


Presidente Chiquita assassinado a tiros no povoado Caxirimbu. 


Chiquita e J.B.S. foram socorridos para o Hospital Geral, onde o primeiro veio a óbito. J.B.S. havia chegado do Estado do Goiás na madrugada da quinta feira. Ainda pela manhã teria discutido com Chiquita e de acordo com a equipe de investigação teria sido supostamente em razão de uma dívida, depois passou a ingerir bebida alcoólica. Por volta das 13h pegou a espingarda em sua casa e cometeu o crime.

Diante dos elementos probatórios colhidos pela Polícia Civil, foi dado voz de prisão a J.B.S ainda no hospital, sendo autuado em flagrante pelo Delegado Jair Paiva. A equipe da PM também deslocou até o Povoado Caxirimbu, onde localizou e apreendeu duas espingardas utilizadas nos crimes, e também providenciou a escolta do preso na unidade hospitalar.

Postar um comentário

0 Comentários