Adelmo Soares ingressa com representação no Ministério Público, solicitando que seja esclarecido onde e como estão sendo gastos os quase 20 milhões recebidos para o enfrentamento a Covid-19.

Foto | Deputado Estadual Adelmo Soares (PCdoB)


O deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB), condenou a forma que a Prefeitura de Caxias encontrou, para tentar minimizar os efeitos do escândalo ocorrido na UPA de Caxias, fato este que deixou todo o país chocado, inclusive com repercussão no principal canal de TV do país, a Rede Globo de Televisão.

Estarrecido com a forma encontrada pela Prefeitura para tentar desqualificar as denúncias veiculadas na mídia nacional, o deputado pediu ainda retratação pública sobre os sucessivos erros cometidos, cobrou mais ação e se solidarizou com as famílias que foram vítimas da Covid-19.

Por fim, Adelmo Soares ingressou com uma representação no Ministério Público, solicitando que seja esclarecido onde e como estão sendo gastos os quase 20 milhões de reais que a Prefeitura de Caxias recebeu para a prevenção e o combate a pandemia do novo coronavírus. Caxias hoje, tem uma taxa de mortalidade de quase 10%, a mais alta de todo o leste do estado, o que equivale a 1 morte a cada 10 pacientes.



Postar um comentário

0 Comentários