Justiça manda soltar 58 presos do presídio de Caxias por conta da pandemia do novo coronavírus.

Foto | UPR de Caxias 


Diário de Caxias com informações do G1 MA - A Justiça de Caxias determinou a soltura de 58 presos do presídio de Caxias por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Para o comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, Jurandy Braga, muitos desses presos não vão respeitar a quarentena.

"Claro que sabemos uma parte desses indivíduos vai ficar com a família, mas uma grande quantidade está na rua, cometendo crimes. Os ladrões não estão em quarentena e a Polícia Militar se desdobrando para que a gente possa reduzir os indicadores de violência", afirmou.

Um dos três homicídios registrados na última semana estaria ligado a acertos de contas no mundo do tráfico. Uma das vítimas faz parte dos 58 presos que foram soltos.

Para o tenente-coronel Jurandy Braga, é difícil prevenir o crime contra pessoas com histórico de crimes.

"A grande maioria desses indivíduos que foram mortos tem passagem pela polícia. Alguns haviam saído do presídio onde estavam cumprindo pena. Então a gente vai intensificar o policiamento. A gente sabe que é difícil prevenir a vida do indivíduo que é envolvido com o crime porque é alguém que não quer aproximação com a Polícia Militar", afirmou.

Postar um comentário

0 Comentários