Presidente da Assembléia Legislativa do Piauí sobre adiar eleição: "Quem defende é por proveito pessoal".

Do Portal Meio Norte.

"Quem defende a prorrogação do mandato defende a desgraça do país. Só proveito pessoal. É o terror como justificativa. Não tem pensamento em Brasil", argumenta à coluna o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado estadual Themístocles Filho (MDB) a respeito da proposta de prorrogar os atuais mandatos por mais dois anos e unificar as eleições municipais com as estaduais em 2022 por causa da pandemia de coronavírus.

"Se estiver acontecendo calamidade no Brasil, é claro que não vai acontecer eleição. Se morrer milhares de pessoas por mês... mas nem na Itália isso ocorreu. Quem fala isso está dissociado da realidade. Eleição de verdade é 40 dias no país e se faz campanha na internet se for o caso. São ós dois votos, a eleição mais simples que tem. Camaradas não querem que aconteça porque querem prorrogar. Não acredito nesses profetas do apocalipse", frisou Themístocles. 

O deputado destaca ainda que está em casa seguindo as recomendações de quarentena e é a favor das medidas do Governo do Estado de distanciamento social, mas pontua a preocupação com o desemprego e a renda dos trabalhadores informais. "Quem vai dar comida para esse povo? Estão jogando todo o pepino para o governo federal".

Deputado Estadual Themistocles

Postar um comentário

0 Comentários