Caxias | Grupo promove passeata contra a violência.

Foto | Diário de Caxias | Créditos Railson Kássio


Diário de Caxias - O grupo denominado "Por uma Caxias mais segura", realizou uma passeata em protesto contra o aumento da criminalidade em Caxias. O ato que teve concentração na última sexta-feira (28), na Praça Dom Luis Marelim, reuniu um bom número de pessoas e percorreu ruas e avenidas da cidade.

O objetivo da passeata foi para alertar e pedir providências das autoridades, para os números absurdos de roubos de motos e celulares, que tem aumentado substancialmente na cidade nos últimos meses.

Um dos líderes do movimento, professor Railson Kássio, disse que medidas tem que ser tomadas imediatamente.

O movimento "Por uma Caxias mais segura", tem por objetivo cobrar das autoridades políticas, uma reposta urgente sobre os crescentes índices de criminalidade na cidade no âmbito da segurança pública, uma vez que a cada dia que passa, os números só aumentam e isso tem deixado a população de Caxias em alerta, finalizou Railson Kássio.

Foto | Railson Kássio 

Outras pautas também foram cobradas, como a nomeação por parte do estado, dos alunos do curso de formação da Polícia Militar, repúdio a lei de abuso de autoridade e manifesto de apoio aos orgãos de segurança pública de Caxias, como a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Guarda Municipal.

São vários os futuros policiais aptos a atuarem no combate a criminalidade na cidade, inclusive ja concluíram o curso de formação, mas até hoje, não houve nomeação por parte do estado, disse outro manifestante.

O ato foi acompanhado por autoridades civis e militares, com presença inclusive, do Tenente-Coronel Márcio Silva, Comandante do 2º BPM de Caxias, que prestou toda a assistência necessária ao ato público e segurança dos manifestantes.






Postar um comentário

0 Comentários