Homem reage, bandido atira, mas arma falha durante assalto no Residencial Eugênio Coutinho .



Um homem identificado como Itamar reagiu a um assalto e quase foi baleado na manhã de ontem no Residencial Eugênio Coutinho. 

Segundo informações repassadas por uma fonte do blog, o sobrinho do senhor Itamar estava no terraço da casa quando foi abordado por dois bandidos que tentaram roubar o celular do jovem. Os criminosos ainda deram uma coronhada na cabeça do rapaz. 

Ainda de acordo com informações da fonte do blog, o senhor Itamar, que estava na cozinha da casa, ouviu a confusão e saiu correndo para impedir o assalto. Em um ato de muita coragem e alto risco, o homem conseguiu segurar a moto e derrubou os meliantes. Um deles, tentando alvejar o homem, apertou o gatilho três vezes, mas a arma não funcionou. 

A Policia Militar foi acionada e constatou que a moto usada pelos criminosos, que conseguiram fugir a pés, na ação era roubada. 

Em tempo - Segundo as regras de segurança para o cidadão de bem não se tornar uma vitima da violência urbana, reagir a um assalto é uma atitude de muito risco, pois durante uma ação criminosa o assaltante está nervoso e com medo.


Fonte: Irmão Inaldo.

Postar um comentário

0 Comentários