Caxias: Delegado Valdemar Barros segue internado na UTI do HGM em estado grave, porém estável.

Delegado Valdemar Barros

O Delegado Valdemar Barros, do 1º DP de Caxias segue internado em estado grave na UTI do Hospital Geral de Caxias. O delegado foi atingido por um tiro na altura do tórax no último Domingo (4) dentro do 1º Distrito Policial de Caxias enquanto ouvia um acusado de portar ilegalmente uma arma de fogo, que havia sido preso pela Polícia Militar, relembre o caso.

Mesmo algemado, o elemento conseguiu ter acesso a arma do delegado, foi então quando iniciaram os disparos dentro do 1º DP, na ocasião foram atingidos o Delegado Valdemar Barros, o Investigador Acácio Marinho e uma terceira vítima não identificada.

Ferido gravemente, o Delegado Valdemar deu entrada no HGM onde passou por cirurgia e segue em estado grave, porém estável. As outras vítimas estão fora de perigo.

O acusado de tentar matar o delegado é conhecido pela alcunha de BURRÃO, segundo o delegado regional Jair Paiva, é um elemento frio.

Ele não estava alterado, ele não estava questionando a prisão, ele estava muito frio e de forma inesperada e rápida ele conseguiu a posse da arma, as pessoas ainda tentaram pedir calma, mas de forma fria, sem que houvesse qualquer reação por parte do Delegado, ele atirou, disse o Delegado.

O indivíduo Jardel da Silva Oliveira, de 23 anos, conhecido no mundo do crime como "Burrão", é investigado por diversas práticas criminosas, inclusive por homicídios, ele estar preso na CCPJ de Caxias e aguarda transferência para o Complexo de Pedrinhas em São Luís.

Jardel, vulgo Burrão


Com informações da Repórter Raquel Sousa da TV Sinal Verde.

Postar um comentário

0 Comentários