Nota do Hospital de Urgência de Teresina - HUT sobre caso do jovem caxiense baleado em Teresina.

Foto: Lucas Marreiros/G1

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou que na manhã desta sexta-feira (19), em nota, que abriu protocolo para constatar uma possível morte cerebral do estudante Breno Nogueira que deu entrada no hospital após ser baleado com um tiro na cabeça em frente a uma pensão onde o jovem morava no Centro de Teresina.

Sobre a abertura de protocolo de morte encefálica; (...) É importante esclarecer que a abertura desse Protocolo não é uma confirmação do quadro de ME, mas sim, a aplicação de testes e exames que irão confirmar ou não se o Gabriel ainda apresenta atividade cerebral (...).

Veja a nota na integra.


Nota do HUT


O paciente Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, 21 anos, deu entrada ontem, 17 de julho, às 7h42, vítima de arma de fogo na região da cabeça próximo a nuca. Imediatamente foi encaminhado para o centro cirúrgico, onde passou por cirurgia neurológica para reparar os danos causados pela bala (drenar o hematoma diminuindo assim a pressão intracraniana). Após ter findado o prazo de 24 horas da realização da cirurgia, por conta do uso de sedativo, a equipe de saúde que acompanha Gabriel realizou uma reavaliação do seu quadro de saúde. Diante da suspeita de Morte Encefálica a equipe decidiu por abrir o Protocolo de Morte Encefálica. Esse Protocolo é composto por três exames (dois clínicos e um de imagem) que devem ser realizados no prazo mínimo de 24 horas após sua abertura. É importante esclarecer que a abertura desse Protocolo não é uma confirmação do quadro de ME, mas sim, a aplicação de testes e exames que irão confirmar ou não se o Gabriel ainda apresenta atividade cerebral.

Com informações do Fala Piauí

Postar um comentário

0 Comentários