UEMA: Curso para aperfeiçoamento de professores de Matemática é realizado no Campus Caxias.

Divulgação: Ascom UEMA

Entre os dias 22 e 26 de julho, professores de matemática participaram do Programa de Aperfeiçoamento de Professores de Matemática do Ensino Médio (PAPMEM). As atividades foram desenvolvidas no Campus Paulo VI, na capital do estado, e no Campus Caxias. O curso foi oferecido pelo Mestrado Profissional em Matemática da Universidade Estadual do Maranhão (PROFMAT-UEMA).

O coordenador do evento em Caxias, professor Franjossam Gomes dos Santos, disse: “Nesta semana iniciamos o PAPMEM, pela 1ª vez, no Campus Caxcias. Os alunos viram conteúdos ligados ao Ensino Médio. Caso alguns deles resolvam ingressar no Mestrado, podem aproveitar a oportunidade, pois é como se fosse um curso de verão. O Programa consiste de videoconferências feitas das 9hs às 12hs por professores do IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada). E a partir das 15h30 os inscritos fizeram rodas de discussão sobre o que foi apresentado a eles pela manhã, verificando-se o nível de aproveitamento”, explicou.

Em São Luís a coordenação dos trabalhos foi realizada pela professora Celina Amélia da Silva.

O Programa abrange 90 polos e nesta edição, cerca de 70 participaram. Acadêmicos de Matemática também participaram desse trabalho de aprimoramento. Em Caxias foram abertas 60 vagas mas, como a demanda foi um pouco maior, o total de inscrições chegou a 77.

O aluno Anderson Ferreira da Silva era um dos inscritos: “Esse evento é de suma importância para aumentar o conhecimento dos professores em relação a novos meios e mecanismos para trabalharem em sala de aula. Incentiva a abordagem de conteúdos do Ensino Médio com uma nova roupagem, para que isso seja incluído na vida dos alunos. Como pretendo dar aulas, pois faço Licenciatura na UEMA, está sendo proveitoso para mim”.

O professor Luís Faustino comentou sobre o evento: “É de fundamental importância para os professores do Ensino Médio que trabalham com os jovens alunos que queiram expandir conhecimentos. Ele oferece subsídios para que possamos nos fundamentar, por exemplo, na área de probabilidades, que é complexa e pouco utilizada pelos professores. Mas cada um que leciona deve enveredar por ela, devido à sua validade no ramo da Matemática”, disse.

Fonte: ASCOM UEMA

Postar um comentário

0 Comentários