Acusado de matar Gabriel Brenno pode ser preso ainda hoje, diz polícia.

Deivid Ferreira de Sousa

A prisão de Deivid Ferreira de Sousa, acusado de matar o estudante Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, pode acontecer nas próximas horas. Com o mandado de prisão expedido pela Justiça, no início da noite dessa terça-feira (23), os investigadores vão fechar o cerco contra o mestre de obras, que passou a ser considerado foragido.


De acordo com o investigador Nonato, o acusado já estava sendo monitorado a fim de identificar sua localização. 

Agora com o mandado de prisão a gente vai cair em campo. Ele tá sendo monitorado e a gente quer prender ele ainda hoje, pontuou.

O delegado Sérgio Alencar, responsável pelas investigações, concluiu o inquérito no início da semana e indiciou Deivid Ferreira de Sousa, 34 anos, por homicídio qualificado por motivo fútil, como explicou o delegado Sebastião Alencar, gerente metropolitano da Polícia Civil do Piauí. 

Foi um crime passional, por ciúmes da mulher ele matou esse rapaz. Ele vai responder por homicídio qualificado, por motivo fútil, disse o delegado.

A Polícia Civil já foi em três endereços atrás de Deivid. Os investigadores procuraram o acusado na casa dele, da mãe e da irmã, mas ele ainda não foi localizado.

Fonte: GP 1

Postar um comentário

0 Comentários