SGT César visita Praça no Residencial Eugênio Coutinho e constata o total abandono por parte do poder público.

A situação da Praça da Juventude no Residencial Eugênio Coutinho é deprimente, durante a noite a falta de iluminação dá ao local um ar sinistro. 


Praça da Juventude - Residencial Eugênio Coutinho

Praça da Juventude - Residencial Eugênio Coutinho

Moradores das proximidades, relataram que “Tanto mato aí, que quando você chega em casa à noite não dá pra você ver se tem gente [na praça] ou se não tem. Aqui tem muitos assaltos e pessoas usam a praça como ponto de uso de drogas. A gente fica muito preocupado com esta situação” relatou uma moradora que não quis se identificar.


A praça foi construída ainda nas gestões que antecederam o prefeito atual, há aproximadamente 7 anos quando da construção do Residencial Eugênio Coutinho. Mas isso se torna totalmente irrelevante, pois quem assume um governo deve está atento aos anseios da população. 


O local deveria ser utilizado por famílias, crianças, jovens e idosos, mas o abandono e a falta de sensibilidade da gestão não permite que isso aconteça, uma vez que é um local totalmente sem a mínima condição de permanecer pela quantidade de matos que apresenta. 


O Sgt César destacou na sua visão de policial militar, que a praça pode perfeitamente servir de esconderijo para marginais, inclusive podendo trazer consequências gravíssimas, pois ela estar localizada próxima a uma escola e ao lado de um creche, os alunos estão sujeitos a qualquer tipo de ato criminoso por parte de marginais que usam o mato da praça para se esconderem e ficar longe do alcance de visão das vítimas.


Acompanhe o vídeo da visita do Sgt César a Praça da Juventude no Residencial Eugênio Coutinho.






Postar um comentário

0 Comentários