Jovem que abusou da própria cunhada em Codó surpreendeu amigos e familiares.

Suspeito

Caiu como uma bomba entre amigos e familiares a notícia de que a Polícia Civil conseguiu provas suficientes para incriminar o jovem David Castro Lira, 25 anos, suspeito de abusar sexualmente da própria cunhada, uma criança de apenas nove anos de idade. Ele foi preso nesta quarta-feira (26) após o cumprimento de um Mandado de Prisão Preventiva, expedido pela 2° Vara da Comarca de Codó.
De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi denunciado pela própria mãe da criança. Ela relatou que a menina sofria abusos desde o ano de 2016, mas ela só teria tomado conhecimento no início do mês, quando a vítima relatou o que vinha acontecendo.
No dia 03, David Castro foi detido e conduzido para a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó. No entanto, foi liberado no mesmo dia, pois sua prisão não foi feita em flagrante. O jovem trabalhava com a aplicação de gesso e era músico de uma igreja evangélica. Até então, ele era considerado inocente pelos amigos e familiares.
O Blog do Marco Silva recebeu informações de que o suspeito tinha a confiança e trabalhou com os pais da vítima até 2017, quando costumava levar a criança para a aula de reforço que ficava próximo a casa dele. David aproveitava que a esposa passava as tardes com os irmãos na casa do pai para praticar o crime dentro da própria residência onde morava com a família. Os abusos também continuaram em 2018 e 2019, sempre que a menina visitava a casa do acusado.
A esposa de David Castro Lira é irmã da criança. Ele é pai de uma menina de dois meses de idade. Os abusos que possivelmente foram cometidos pelo suspeito poderão deixar transtornos pós-traumáticos por toda a vida da vítima.
Esse caso absurdo de abuso sexual contra uma inocente criança de Codó serve de alerta para que os pais fiquem mais atentos e tomem o máximo de cuidado possível com seus filhos.

Fonte: Blog do Marco Silva

Postar um comentário

0 Comentários